Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleições 2022

    General Heleno entra no radar de Bolsonaro como possível vice

    Avaliação que tem sido feita por aliados é de que se o presidente optar por um militar na vice, Heleno poderia ser um nome melhor do que o ministro da Defesa, Braga Netto

    Caio Junqueira

    O ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, entrou no radar do presidente Jair Bolsonaro (PL) como uma possibilidade de ser seu candidato a vice-presidente.

    A avaliação que tem sido feita por aliados do presidente é de que se Bolsonaro optar por um militar na vice, Heleno poderia ser um nome melhor do que o ministro da Defesa, Braga Netto, outro dessa ala do governo que é cogitado para o posto.

    O motivo é que Bolsonaro gosta do papel que Braga Netto vem desempenhando na Defesa, em especial o apoio do general aos questionamentos que a pasta vem fazendo ao processo eleitoral brasileiro, conforme revelou a CNN. Além disso, Heleno é um nome mais respeitado nas Forças Armadas do que Braga Netto e tem uma personalidade mais expansiva do que a do atual ministro da Defesa.

    Por fim, ele se insere no perfil que Bolsonaro busca para a vice. Bolsonaro tem dito querer uma pessoa do seu “círculo fechado de confiança” para dividir a chapa com ele.

    Nessa perspectiva, avalia que seria um nome ideal para blindá-lo de uma eventual movimentação do Congresso Nacional contra ele caso seja reeleito. Algo similar ao papel que o vice-presidente Hamilton Mourão desempenhou nesse governo.

    Fora do meio militar, o nome mais forte hoje para ocupar a vice do presidente é o da ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

    Procurado, o general Heleno não quis falar com a CNN.