Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Independência e harmonia não significam atender todas as demandas dos Poderes, diz Barroso

    Presidente do STF declarou ainda que as instituições brasileiras funcionam "na mais plena normalidade"

    Barroso voltou a dizer que as instituições funcionam “na mais plena normalidade, com convivência harmoniosa e pacífica"
    Barroso voltou a dizer que as instituições funcionam “na mais plena normalidade, com convivência harmoniosa e pacífica" 01/02/2024 - Fellipe Sampaio/SCO/STF

    Gabriel Garciada CNN

    Brasília

    O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luís Roberto Barroso, afirmou, nesta quinta-feira (1), que a independência e a harmonia entre os Poderes não significam que todas as demandas serão atendidas.

    “Independência e harmonia não significam concordância sempre e nem que o judiciário atenda todas as demandas de qualquer um dos Poderes”, afirmou o presidente da Corte.

    A declaração foi realizada durante discurso por ocasião da sessão solene de abertura do Ano Judiciário de 2024.

    Citando nominalmente o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e o presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), Barroso voltou a dizer que as instituições funcionam “na mais plena normalidade, com convivência harmoniosa e pacífica”.