Jair Bolsonaro retira Chico Rodrigues do cargo de vice-líder do governo

Oficialização foi publicada às 12h10 desta quinta-feira, em edição extra do Diário Oficial da União

Rudá Moreira

Da CNN, em Brasília

Ouvir notícia

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) oficializou que o senador Chico Rodrigues (DEM-RR) — flagrado com dinheiro escondido na cueca em operação da Polícia Federal — não é mais um dos vice-líderes do governo no Senado.

A oficialização foi publicada às 12h10 desta quinta-feira (15), em edição extra do Diário Oficial da União. A informação de que Rodrigues deixaria o cargo na vice-liderança foi antecipada pelo analista Igor Gadelha, na CNN

Leia e assista também

‘Meu governo são os ministros’, diz Bolsonaro sobre vice-líder no Senado

Flagrado com dinheiro na cueca, vice-líder do governo diz crer na Justiça divina

A Secretaria Especial de Comunicação Social manifestou-se por meio de nota. ” O senador roraimense  foi alvo de uma operação da Polícia Federal, a partir de uma apuração da Controladoria Geral da União, que investiga o desvio de recursos públicos da ordem de R$ 20 milhões na área de Saúde, repassados pela União na pandemia. A ação da Polícia Federal e da GCU, respeitando os princípios constitucionais, é a comprovação da continuidade do Governo no combate à corrupção em todos os setores da sociedade brasileira, sem distinção ou privilégios.”

O advogado do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), Kleber Paulino de Souza, afirmou nesta quinta-feira (15) que não sabia da investigação que resultou no flagra do parlamentar com dinheiro na cueca durante uma operação da Polícia Federal em Roraima na quarta-feira (14). O defensor disse que ainda não conseguiu acesso aos autos do processo, que corre em segredo de justiça, e não sabe o teor das acusações contra o senador. “Por isso, não posso tecer mais comentários.”

Em carta ao líder Fernando Bezerra Coelho, o parlamentar disse que irá se concentrar em sua defesa para provar sua inocência. “Acreditando na verdade, estou confiante na justiça, e digo que, logo tudo será esclarecido e provarei que nada tenho haver com qualquer ato ilícito de qualquer natureza. Acredito nas diretrizes que o grande líder e Presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro usa para gerir a nossa nação.”

Mais Recentes da CNN