Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Janja mostra imagens do Planalto limpo por dentro após faxina relâmpago

    "Estamos aqui firmes trabalhando. A democracia não vai se curvar e nem o presidente Lula vai abaixar a cabeça", afirma.

    Brasília contabiliza estragos nas sedes dos Três Poderes no dia seguinte a ataque
    Brasília contabiliza estragos nas sedes dos Três Poderes no dia seguinte a ataque Secom / Reprodução

    Basília Rodrigues

    A primeira-dama Rosângela da Silva, a Janja, gravou um vídeo, na tarde desta segunda-feira, em que mostra imagens do Palácio do Planalto limpo por dentro, já sem estilhaços de vidros no chão, ou móveis jogados nos corredores. Janja agradeceu funcionárias do Palácio do Planalto pelo empenho na limpeza das dependências da sede do governo federal. Ela também ressalta que o Brasil segue em reconstrução.

    “Estamos aqui firmes trabalhando. A democracia não vai se curvar e nem o presidente Lula vai abaixar a cabeça”, afirma.

    Nas imagens, as funcionárias aparecem com esponja, pano, balde e rodos nas mãos colocando o segundo e terceiro andar, onde funciona o gabinete da presidência da República, em ordem. “Já botamos tudo em condições, já estamos trabalhando normalmente. Vocês podem ver, estamos com quase tudo limpo. A baderna que se viu ontem nunca mais vai acontecer no Brasil, disso vocês podem ter certeza”, conclui.

    Funcionários das áreas administrativa, política e de comunicação foram trabalhar nesta segunda-feira. Apesar da invasão no dia anterior, a secretaria de Gestão da Presidência da República comunicou que o dia seria de trabalho normal, parte da reação do Planalto para revidar a tentativa de manifestantes de atrapalhar a segunda semana de governo.

    De acordo com relatos, alguns funcionários levaram seus computadores pessoais e se sentaram em sofás até que fosse possível utilizar as salas de trabalho.

    Pela manhã, como a CNN divulgou, as secretarias executivas de diversos ministérios em Brasília também se reuniram. O encontro, que ocorreu no Planalto, estava marcado desde semana passada e foi mantido. O Fórum de Secretários Executivos reúne os ocupantes do segundo posto mais importante das pastas, ficando atrás somente do cargo de ministro. A intenção é resgatar o encontro de alinhamento entre as pastas que era comum em governos antigos de Luiz Inácio Lula da Silva.

    Tópicos

    Tópicos