Lista de investigados em CPI da Pandemia pode chegar a 40 nomes

Com a inclusão de mais cinco nomes, conforme informou a CNN no final de semana, integrantes da comissão de inquérito dizem que a intenção do relator é atualizar a relação semanalmente

Senadores durante trabalhos na CPI da Pandemia
Senadores durante trabalhos na CPI da Pandemia Edilson Rodrigues/Agência Senad

Gustavo Uribe

Ouvir notícia

A lista de investigados da CPI da Pandemia poderá chegar até a apresentação do parecer final do relator Renan Calheiros (MDB-AL), na segunda quinzena de setembro, a um total de 40 nomes.

Os cálculos são feitos por integrantes do G7, grupo de senadores independentes e de oposição, segundo os quais devem ser incluídos ainda na lista de investigados integrantes da VTCLog, FIB Bank e do eventual gabinete paralelo.

Com a previsão do anúncio nesta semana de mais cinco nomes, a relação já tem 25 investigados. A expectativa é de que, até a apresentação do parecer final, o relator inclua novos nomes semanalmente.

O anúncio desta semana deve incluir os nomes da diretora técnica da Precisa Medicamentos Emanuella Medrades, dos representantes da Davati Medical Supply Luiz Dominghetti e Cristiano Carvalho, e do coronel Helcio Bruno de Almeida, presidente da ONG Instituto Força Brasil.

Nos últimos dias, integrantes da CPI da Pandemia têm defendido que o relatório final seja apresentado apenas em outubro, já que os últimos depoimentos apresentaram novas linhas de investigação. O relator, no entanto, disse à CNN que está empenhado para apresentar o parecer final na segunda quinzena de setembro.

Mais Recentes da CNN