Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lula adia agenda de lançamento do Novo PAC em São Paulo por dores no quadril

    Cerimônia estava marcada para a próxima segunda-feira (25) com a presença de Lula e do governador Tarcísio de Freitas

    Pedro TeixeiraTainá Falcãoda CNN

    em Brasília

    O governo federal confirmou o adiamento do evento que iria lançar o Novo PAC no estado de São Paulo. A cerimônia estava prevista para acontecer na próxima segunda-feira (25), na capital paulista.

    O adiantamento aconteceu a pedido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que tem enfrentado fortes dores no quadril e deve passar por uma cirurgia na região na próxima semana.

    Veja: Lula vai fazer cirurgia e Alckmin assumirá viagens do presidente

    Uma nova data deve ser marcada para depois do tratamento de saúde do presidente.

    Segundo fontes, São Paulo é um dos estados em que Lula faz questão de estar presente para lançar o PAC. Ele também quer fazer o lançamento em Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

    Lula decidiu permanecer em Brasília até a cirurgia porque deve definir questões importantes: suas indicações para a Procuradoria Geral da República (PGR) e para o Supremo Tribunal Federal (STF).

    O evento do PAC iria reunir pela primeira vez em uma cerimônia pública em São Paulo o presidente Lula e o governador do estado, Tarcísio de Freitas.

    O PAC deve investir mais de R$ 179 bilhões em obras e serviços em São Paulo, entre as principais estão a implantação de túnel Santos – Guarujá, a extensão da Linha 2 Verde do Metrô, Trem de Passageiros São Paulo – Campinas e moradias Minha Casa, Minha Vida.