Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lula nomeia aliado de Arthur Lira como ministro do Tribunal de Contas da União

    Durante campanha, Jhonatan de Jesus se comprometeu a manter "portas abertas" para receber outros parlamentares no tribunal e combater o que chamou de criminalização da política

    Deputado Jhonatan de Jesus (Republicanos-RR)
    Deputado Jhonatan de Jesus (Republicanos-RR) Marina Ramos/Câmara dos Deputados

    Tiago Tortellada CNN

    em São Paulo

    A nomeação do deputado federal Jhonatan de Jesus (Republicanos) como ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) foi oficializada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nesta quarta-feira (1°), através de decreto publicado no Diário Oficial da União.

    O parlamentar irá ocupar o cargo deixado por Ana Lúcia Arraes de Alencar, que se aposentou em julho do ano passado, após 11 anos como ministra do tribunal. Ela atingiu a idade limite de 75 anos para integrar o órgão.

    Jesus teve indicação aprovada na Câmara dos Deputados, com 239 votos, e no Senado, com 72 votos.

    Aliado do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), Jhonatan de Jesus é filho do senador Mecias de Jesus (Republicanos-RR).

    Durante sua campanha, ele se comprometeu a manter “portas abertas” para receber outros parlamentares no tribunal e combater o que chamou de criminalização da política.

    O TCU é composto por nove ministros, e, segundo o regimento interno, seis são escolhidos pelo Congresso Nacional; outros três são escolhidos pelo presidente da República, sendo o último tendo de ser aprovado pelo Senado.

    Apesar de ser chamado de Tribunal de Contas da União, ele não pertence ao Judiciário. O órgão auxilia o Congresso a fiscalizar finanças, obras e o patrimônio da União.

    *com informações de Gabriel Hirabahasi, da CNN