Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lula promete ajuda para reconstruir estradas: “O Brasil deve muito ao Rio Grande do Sul”

    Presidente visitou estado com comitiva de ministros e prometeu apoio do governo federal para recuperar estradas estaduais e infraestrutura danificada pelas fortes chuvas no estado

    Da CNN

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) visitou Porto Alegre neste domingo (5) para avaliar os danos causados pelas fortes chuvas no Rio Grande do Sul. Acompanhado de uma comitiva de ministros e autoridades, Lula prometeu o apoio do governo federal para reconstruir a infraestrutura destruída.

    Compromisso de ajuda às estradas do RS

    Lula afirmou que o Ministério dos Transportes vai auxiliar o governo estadual na recuperação das estradas estaduais danificadas.

    “Eu sei que o estado tem uma situação financeira difícil”, disse Lula. E continuou: “Eu quero lhe dizer que, não fique preocupado, que o governo federal, através do Ministério do Transporte, vai ajudar a você a recuperar as estradas estaduais, porque é da nossa repressão”, disse o presidente ao governador Eduardo Leite (PSDB).

    Além disso, Lula destacou a presença de diversos ministros em sua comitiva para auxiliar nas ações de reconstrução em diferentes áreas, como saúde, educação, assistência social e habitação.

    O presidente também pediu a colaboração dos deputados federais para liberar emendas parlamentares destinadas ao Rio Grande do Sul, a fim de obter recursos imediatos para as obras de recuperação.

    Homenagem aos gaúchos

    Em seu discurso, Lula prestou uma homenagem ao povo gaúcho, destacando a importância do estado para o Brasil em diversas áreas, como agricultura, cultura e lideranças políticas. “O Brasil deve muito ao Rio Grande do Sul, deve muito, sobretudo se a gente levar em conta a questão da agricultura”, afirmou o presidente.

    Lula também pediu a Deus que as chuvas cessem para que os gaúchos possam voltar a sorrir e ter esperança em um Rio Grande do Sul melhor.

    Essa é a segunda viagem de Lula ao Rio Grande do Sul desde o início das enchentes. Na quinta-feira (2), o presidente foi a Santa Maria, região central do estado, acompanhar os trabalhos de resgate e socorro às vítimas.

    O ministro da Integração Nacional, Waldez Góes, que também participou da reunião, disse que os governos federal e estadual começam a trabalhar com as prefeituras de regiões como o Vale do Taquari, para restabelecer serviços onde os rios começam a recuar. Ele, no entanto, esclareceu que a prioridade continua sendo o resgate de pessoas ilhadas

    Lula fez um pronunciamento após comandar uma reunião de autoridades federais com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite; o prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo; e outros prefeitos gaúchos. Antes da reunião, a comitiva tinha sobrevoado a região metropolitana de Porto Alegre, onde acompanharam os estragos da subida do Lago Guaíba.

    (Com informações da Agência Brasil)