Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleições 2022

    Lula vence na Hungria, Rússia e Alemanha; Bolsonaro ganha na Venezuela e Nicarágua

    Presidente eleito obteve vitórias em quase toda a Europa, atual presidente se destacou na América do Sul

    O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL)
    O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL) Arte/CNN

    Salma FreuaMurillo FerrariVital NetoBeatriz Araújoda CNN

    em São Paulo

    A eleição no exterior para presidente do Brasil ocorreu em 141 cidades de 101 países, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Neste ano, mais de 697 mil eleitores fora do país estavam aptos a votar para o cargo. O total de votos válidos no segundo turno foi de 298.169.

    O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceu na Rússia do presidente Vladimir Putin, com quem o presidente Jair Bolsonaro (PL) se encontrou em fevereiro deste ano, dias antes do início da guerra contra a Ucrânia. Ele obteve 66,67% dos votos (46, em números absolutos), contra 33,33% (23 votos) de Bolsonaro.

    Lula venceu em todos os países da União Europeia, exceto na Grécia, em que Bolsonaro recebeu 242 dos votos (55,63%) contra 193 (44,37%) do presidente eleito.

    A maior diferença percentual ocorreu na Hungria, país comandado pelo primeiro-ministro de extrema-direita Viktor Orbán. Lula alcançou 85,28% dos votos (481, em números absolutos), enquanto Bolsonaro recebeu apenas 83 (14,72%).

    Na Alemanha, o presidente eleito recebeu 76,89% dos votos, um total de 13.387, enquanto Bolsonaro 23,11% ou 4.023 votos.

    Confira a votação em cada país

    Na Venezuela, onde apenas seis pessoas participaram da eleição no segundo turno, Bolsonaro, derrotado na candidatura à reeleição, venceu com 100% dos votos. No total, o presidente ganhou em oito países da América do Sul, enquanto o petista venceu na Argentina, Uruguai e Colômbia.

    Na Bolívia, Bolsonaro ganhou com 78,82% (1.165 votos), contra 21,18% (313 votos) de Lula.

    Na Nicarágua, o atual presidente ganhou em uma disputa apertada com o petista: obteve 38 votos (52,78%) contra 34 (47,22%) de Lula.

    Fotos — Imagens da comemoração de Lula e de eleitores do PT após as eleições