Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Maior parte de recursos de emendas parlamentares em 2024 até agora foi para o RS, indica plataforma

    Estado, que sofre com calamidade, recebeu 34% do montante total das emendas, que chega a R$ 1,84 bilhão

    Sabrina Britocolaboração para a CNN

    São Paulo

    O Rio Grande do Sul está em primeiro lugar em relação às emendas parlamentares pagas no Orçamento de 2024, de acordo com a plataforma Siga Brasil, responsável pelo acompanhamento da execução orçamentária do Senado. Os dados são de 9 de maio.

    Segundo as informações, já foi pago R$ 1,84 bilhão em emendas no país. Desse total, quase 34% do montante, ou R$ 622,2 milhões, foram recebidos pelo estado gaúcho.

    Em segundo lugar, está São Paulo, com R$ 117 milhões. Em seguida, vem o Paraná, com R$ 85 milhões.

    No mesmo dia 9, os projetos de lei que permitem maior agilidade na liberação de emendas com destino ao estado foram aprovados no Congresso Nacional, em votação simbólica.

    O Congresso aprovou ainda, na semana passada, medidas que simplificam o remanejamento de emendas para que parlamentares possam enviar recursos às cidades e regiões afetadas pelas enchentes.

    No último dia 6, o governo federal optou por antecipar a liberação de R$ 580 milhões em emendas parlamentares individuais para destinar fundos para o Rio Grande do Sul. Desse total, R$ 538 milhões devem ter como destino a saúde pública.

    De acordo com André Ceciliano, secretário Especial de Assuntos Federativos da Secretaria de Relações Institucionais, está sendo discutida com a Fazenda a possibilidade de se liberarem recursos de emendas especiais para municípios e para o estado.

    Estaria sendo debatida ainda a oportunidade de flexibilizar essas emendas especiais em prol do Rio Grande do Sul.

    *Com informações da Agência Câmara