Moraes envia dados de investigação sobre notícias falsas à CPI da Pandemia

A Comissão havia pedido ao STF o envio de material que pudesse indicar como era o funcionamento da organização criminal disseminadora de notícias falsas

Da CNN

Em são Paulo

Ouvir notícia

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes enviou à CPI dados de investigações que apuram a existência de uma organização criminosa para disseminar notícias falsas sobre a pandemia.

Segundo apuração da âncora da CNN Daniela Lima, a Comissão havia pedido ao STF o envio de material que pudesse indicar como era o funcionamento da organização criminosa.

O objetivo de coletar o material é estabelecer um possível paralelo da divulgação de informações falsas sobre vacina e remédios com a eficácia não comprovada contra a Covid-19 com o grupo que ataca instituições, como ocorreu nas convocações para os atos de 7 de Setembro.

O envio das informações por Alexandre de Moraes tende a ampliar o incômodo e a pressão sobre nomes importantes ligados a Jair Bolsonaro (sem partido), já que o inquérito das organizações criminosas inclui deputados bolsonaristas, apoiadores e até mesmo os filhos do presidente.

Mais Recentes da CNN