Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Moro diz a aliados que não revela voto em sabatina para evitar retaliações

    Ex-juiz da Lava Jato afirmou a pessoas próximas que voto secreto é um instrumento de proteção ao qual o parlamentar tem direito diante de um futuro juiz do Supremo

    Senador Sergio Moro (União-PR)
    Senador Sergio Moro (União-PR) 13.12.2023 -Jefferson Rudy/Agência Senado

    Raquel Landimda CNN em São Paulo

    O senador Sergio Moro (União-PR) disse a aliados que não vai revelar seu voto na sabatina de Flávio Dino para evitar retaliações no julgamento do seu processo de cassação, apurou a CNN.

    O ex-juiz da Lava Jato não contou seu voto a ninguém e afirmou a pessoas próximas que o voto secreto é um instrumento de proteção ao qual o parlamentar tem direito diante de um futuro juiz do Supremo.

    Moro vem sendo alvo de intensas críticas por não abrir o voto e depois de ter sido flagrado cumprimentando efusivamente Dino em sua chegada ao Senado ontem.

    Na ocasião, Dino teria perguntado a Moro sobre seu voto, o senador não respondeu e deu uma risada. Antes da sabatina, Dino procurou todos os senadores de oposição para conversar, inclusive o ex-juiz da Lava Jato.

    Segundo apurou a CNN, a equipe de Dino não computava o voto de Moro como favorável. Na sabatina, Dino brincou que o senador ainda não tinha votado e que “ele podia ter esperanças”.

    Moro entregou nesta semana suas alegações finais no processo de cassação no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, movido por PT e PL.

    Se for absolvido no TRE, o processo deve subir para o Tribunal Superior Eleitoral e, eventualmente, ao STF.

    Procurado, Moro preferiu não comentar.