Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Morre Amália Barros: corpo da deputada será enterrado na segunda (13)

    Parlamentar morreu no domingo (12); ela estava internada em São Paulo desde o dia 1º de maio

    Carolina Freitascolaboração para a CNN

    Rio de Janeiro

    O corpo da deputada federal Amália Barros (PL-MT), que morreu na madrugada deste domingo (12) aos 39 anos, será enterrado na segunda-feira (13), às 11h, no Cemitério Municipal da Saudade, em Mogi Mirim (SP). O velório da parlamentar começou já nesta tarde, na sede da prefeitura municipal.

    Ela estava internada no Hospital Vila Nova Star desde o dia 1º de maio após descobrir um nódulo no pâncreas.

    O Congresso terá um dia de luto em memória da deputada. Colegas da parlamentar foram às redes sociais neste domingo lamentar a perda.

    Amália perdeu a visão do olho esquerdo aos 20 anos por conta de uma infecção. Em 2021, ela fundou o Instituto Amália Barros, renomeado mais tarde como Instituto Nacional da Pessoa com Visão Monocular, que fornece próteses oculares e assistência social aos monoculares.

    Na Câmara dos Deputados, a parlamentar é autora de um projeto de lei complementar, oito propostas de emenda à Constituição e 14 projetos de lei.

    Dois de seus projetos foram aprovados no ano passado e estão aguardando avaliação no Senado. Um trata da oferta de profissionais especializados para alunos com deficiências nas escolas, enquanto o outro estabelece o dia 23 de abril como o Dia Nacional de Conscientização da Fibrodisplasia Ossificante Progressiva (FOP).

    Tópicos

    Tópicos