Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Mourão critica Pedro Guimarães por denúncias de assédio: “Falhou feio”

    O vice-presidente disse a jornalistas no Palácio do Planalto que o ex-presidente da Caixa errou “na parte moral”

    Vice-presidente Hamilton Mourão em Brasília
    Vice-presidente Hamilton Mourão em Brasília 12/08/2021 REUTERS/Adriano Machado

    Da CNN

    Ouvir notícia

    O vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos) criticou o ex-presidente da Caixa Pedro Guimarães, acusado de assédio sexual por funcionárias do banco estatal. Em conversa com jornalistas ao chegar ao Palácio do Planalto, Mourão disse que ele “falhou feio”, apesar da boa gestão à frente da Caixa.

    “O trabalho do Pedro foi muito bom, a Caixa avançou muito nesses anos. Mas lamentavelmente nessa parte moral ele falhou e falhou feio.”

    Segundo Mourão, assédio no ambiente de trabalho é “uma das piores coisas” que podem acontecer.

    “Qualquer tipo de assédio que é feito por um superior sob um subordinado é uma das piores coisas que podem acontecer. Não concordo em hipótese alguma.”

    As denúncias de assédio foram reveladas pelo Metrópoles na última terça-feira (28). Na quarta, Guimarães foi exonerado, e Daniella Marques busca servidores da Caixa lotados em ministérios | CNN Brasil.

    O presidente Jair Bolsonaro (PL) ainda não comentou as denúncias de assédio. Guimarães chegou a ser cotado pelo presidente como um possível nome para compor sua chapa à reeleição como candidato a vice, no lugar de Mourão.

    Na carta em que anunciou sua saída da Caixa, Guimarães disse que as denúncias são “equivocadas”.

    “A partir de uma avalanche de notícias e informações equivocadas, minha esposa, meus dois filhos, meu casamento de 18 anos e eu fomos atingidos por diversas acusações feitas antes que se possa contrapor um mínimo de argumentos de defesa.”

    A analista da CNN Raquel Landim revelou que outros executivos da Caixa também assediavam funcionários sexualmente.

    Debate

      realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.

    *Publicado por Renan Porto

    Mais Recentes da CNN