Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleições 2022

    Mourão defende reunião de Bolsonaro para manter diplomatas “bem-informados” sobre eleição

    Vice-presidente afirmou que embaixadores “tomam conhecimento dos assuntos pelo que eles leem” e que “muitas vezes ler não representa a expressão da verdade”

    Malu MõesJoão Rosada CNN

    O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (Republicanos), defendeu nesta sexta-feira (15) a reunião proposta pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) com embaixadores. Bolsonaro quer discutir com os diplomatas de outros países o sistema eleitoral brasileiro. O encontro está agendado para segunda-feira (18).

    “Não vejo problema [no encontro]. Acho que tudo é questão de manter bem informadas pessoas que estão aqui representando seus países”, disse Mourão.

    Ele afirmou que embaixadores, “na maioria dos casos, tomam conhecimento dos assuntos pelo que eles leem” e que “muitas vezes ler não representa a expressão da verdade”.

    Mourão comparou o encontro de Bolsonaro ao realizado pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Edson Fachin, com embaixadores. Bolsonaro, no entanto, chamou em junho a reunião de Fachin de “estupro” contra a democracia. Durante o encontro, o ministro pediu que a comunidade internacional esteja em alerta para o pleito brasileiro.

    “Fachin já se reuniu com representantes da comunidade internacional e expôs a visão dele. Agora o presidente vai expor a dele”, disse Mourão. Bolsonaro já questionou diversas vezes a confiança do sistema eleitoral brasileiro, apesar de não apresentar provas que comprovem suas acusações.

    O vice-presidente também comentou a proposta feita pelo Ministério da Defesa ao TSE de um teste com cédula de papel nas eleições deste ano. “Se o presidente do Tribunal considera que aquilo não é necessário. OK. A responsabilidade é dele e do Tribunal”, declarou.

    Debate

    CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.

    Veja quem são os pré-candidatos à Presidência para as eleições 2022