Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Musk faz nova publicação sobre Moraes e fala em debater questão “abertamente”

    Empresário vem fazendo publicações críticas a decisões do ministro do STF sobre medidas contra contas no X

    Henrique Sales Barrosda CNN São Paulo

    O empresário Elon Musk, dono do X, ex-Twitter, voltou a fazer publicações na rede social em tom crítico às decisões judiciais do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

    Musk compartilhou um áudio atribuído a si, em que o empresário estaria dizendo que Moraes continuava fazendo “exigências” para suspender a conta de parlamentares e jornalistas.

    “Não podíamos dizer a eles (parlamentares e jornalistas) que isso era a mando do Alexandre: tínhamos que fingir que era devido às nossas regras”, traz o áudio.
    Em sua conta, Musk disse que “este é o cerne do problema” e marcou o perfil de Moraes no X. “Vamos debater isso abertamente”, acrescentou.

    A CNN procurou o STF e o gabinete de Alexandre de Moraes para comentar a postagem de Musk, mas ainda não teve retorno.

    Musk contra Moraes

    Relacionando as medidas com a prática de censura, Musk vem desde o final de semana questionando diretamente o ministro Alexandre de Moraes sobre decisões judiciais demandando a suspensão de contas no X.

    “Estamos retirando todas as restrições. Este juiz aplicou multas pesadas, ameaçou prender nossos funcionários e cortar o acesso ao X no Brasil. Como resultado, provavelmente perderemos todas as receitas no Brasil e teremos que fechar nosso escritório lá. Mas os princípios são mais importantes do que o lucro”, afirmou Musk no sábado (6).

    Após as primeiras mensagens, Musk pediu que o ministro “renuncie ou sofra um impeachment” e passou a contar com apoio de aliados do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), alvo de investigações cujo relator no STF é Moraes, em suas manifestações.

    Moraes ordenou a desativação de diversas contas ao longo dos últimos anos no âmbito de investigações sobre supostas ações digitais orquestradas com o intuito de minar a democracia brasileira.

    Entre as contas desativadas, está a do blogueiro Allan dos Santos, foragido da Justiça brasileira desde 2021 – ele está nos Estados Unidos. No final de semana, ele fez uma live no X manifestando críticas ao ministro Moraes.

    Em resposta às ameaças de Musk, Moraes determinou a abertura de um inquérito contra o empresário e a inclusão do bilionário como investigado no inquérito sobre as supostas milícias digitais.

    VÍDEO: Moraes abre inquérito contra Musk após ameaças