Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    ‘Não temos problema com o voto eletrônico, é seguro’, diz Kassab

    Ex-ministro lamenta questionamentos de quem prefere voto impresso, que será debatido na Câmara esta semana

    Produzido por Rudá Moreira, da CNN, em Brasília

    Gilberto Kassab, presidente do PSD e ex-ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações no governo Michel Temer, falou à CNN neste domingo (4) sobre a PEC do voto impresso, que voltará a ser analisada esta semana na Câmara dos Deputados. Ele vê com preocupação os questionamentos sobre a lisura da urna eletrônica.

    “Não temos problema com o modelo hoje. Não há denúncia que não tivesse sido apurada e concluído que não houve irregularidade na contagem. As pessoas que questionam já querem com antecedência tumultuar. É muito preocupante o presidente vir com esse questionamento, sabendo que as urnas são auditáveis e os resultados apresentados com transparência. O sistema é seguro”, afirma. 

    “Tenho muita preocupação porque é muito difícil ter duplicidade na apuração de uma urna. Quando houver discordância, e haverá discordância, é um convite para o tumulto, para o questionamento. Parece que querem macular o resultado, qualquer que seja o modelo”. 

    Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD (04.Jul.2021)
    Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD (04.Jul.2021)
    Foto: Reprodução/CNN

    Kassab prevê como imagina que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) reagirá nas eleições de 2022.

    “É lamentavel que o presidente venha com afirmações como esses, mas os resultados vão surgir, temos nossas instituições funcionando e é um grande equívoco ele adotar essa estratégia. Se não mudar, ele vai questionar, se mudar, vai ter problema e ele vai questionar mais ainda”.