Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Negociações avançam para que a Câmara possa votar reforma tributária ainda nesta semana, diz Arthur Lira

    Declaração foi feita em evento realizado pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban)

    Lira disse que a Câmara “não tem receio” com “nenhum assunto”
    Lira disse que a Câmara “não tem receio” com “nenhum assunto” 19/08/2022REUTERS/Carla Carniel

    Cristiane Nobertoda CNN

    Brasília

    O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), reforçou o compromisso com a aprovação da reforma tributária na Casa.

    Nesta terça-feira (12), o parlamentar afirmou que as negociações estão sendo feitas para que possam “se debruçar” sobre o texto ainda nesta semana.

    “Está acontecendo agora uma reunião de líderes lá na Residência Oficial para analisar ponto a ponto da reforma tributária para haver convergência para que a Câmara possa se debruçar sobre as alterações feitas pelo Senado ainda nesta semana”, disse o Lira.

    Ele voltou a reafirmar a importância das reformas. “Reformas estruturantes precisam acontecer. A única que não andou é a de contenção de nossas despesas”, completou o presidente da Câmara.

    As declarações aconteceram durante sua participação no Seminário Construindo Consenso: Caminhos para a Reforma Administrativa no Brasil, promovido pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

    Lira acrescentou que o Brasil não tem que ser “o país do amanhã”, mas sim “o país do hoje”. Ele também afirmou que a Câmara “não tem receio” com “nenhum assunto”.

    Sobre a reforma administrativa, Lira afirmou que a PEC 32, que está em discussão na Câmara, “não é apenas uma alteração no arcabouço legal”, mas “um convite à transformação”.

    “Vemos que ela [a PEC] vai muito além de ajustes técnicos. Ela delineia uma visão de Administração Pública, que prima pela eficiência operacional e também pela qualidade dos serviços oferecidos à população. (…) É nesse cenário plural e de franca cooperação que estamos construindo o entendimento da Câmara dos Deputados, cujo resultado trará benefícios para toda a sociedade brasileira”, afirmou.