Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    No 1º dia útil de governo, Lula tem reuniões com 11 representantes internacionais

    Encontros foram realizados no Palácio do Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva
    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva Marcelo Camargo/Agência Brasil

    Pedro Teixeirada CNN

    Em Brasília

    No primeiro dia útil como presidente, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se reuniu ao longo desta segunda-feira (2) com 9 chefes de Estado, um vice-presidente e um Chanceler, que estiveram no Brasil para a cerimônia de posse.

    Os encontros começaram no período da manhã. A primeira reunião foi com o Rei da Espanha, Felipe VI. Segundo Lula, no encontro eles trataram sobre a relação do Brasil com a Espanha e com a União Europeia.

    O petista também teve reuniões com os presidentes da Bolívia, Lucho Arce; de Guiné-Bissau, Umaro Emboló; e do Equador, Guillermo Lasso.

    Depois do encontro com Lula, o presidente da Argentina, Alberto Fernández, falou do interesse em reestabelecer um vínculo mais forte entre os dois países.

    O chefe de estado argentino confirmou uma visita do presidente Lula ao país vizinho no dia 23 de janeiro. O Planalto diz que a viagem está programada, mas ainda não está confirmada.

    No fim da tarde, o encontro foi com presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, que disse que Lula vai visitar o país europeu no dia 21 de abril deste ano.

    Lula ainda esteve com o vice-presidente da China, Wang Qishan, que lhe entregou uma carta do presidente chinês, Xi Jiping. Nas redes sociais, Lula disse que o país asiático é o maior parceiro comercial do Brasil e que pretende ampliar ainda mais a relação entre os dois países.

    No fim do dia, o presidente brasileiro se encontrou com o presidente de Honduras e o ministro das Relações Exteriores do Gabão.