Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleições 2022

    No rádio, Lula usa frases antigas de Bolsonaro; presidente mira público feminino

    Ciro e Tebet falaram sobre situação econômica do país no horário eleitoral gratuito desta terça-feira

    Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL)
    Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL) Divulgação

    Carolina Cerqueirada CNN

    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) dedicou seu tempo no horário eleitoral gratuito no rádio, nesta terça-feira (13), para criticar o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) por declarações antigas. Bolsonaro, por sua vez, focou em tentar conquistar o eleitorado feminino.

    A propaganda do petista reproduziu áudios de Bolsonaro com frases como “eu não sou coveiro”, sobre as mortes por Covid-19 no país, “a fome no Brasil não existe da forma que é falada” e “vagabunda”, dirigida pelo então deputado federal à colega de Câmara Maria do Rosário (PT-RS).

    O candidato destacou políticas implementadas durante seus mandatos, como o Minha Casa Minha Vida e o Prouni e prometeu ampliar o acesso às universidades.

     

    Bolsonaro, por sua vez, dedicou sua propaganda ao público feminino. Ele enfatizou o Programa Brasil Pra Elas, que busca recolocar as mulheres no mercado de trabalho e formar empreendedoras.

    Michelle Bolsonaro, esposa do candidato do PL, apareceu fazendo elogios ao presidente. “O meu marido ama o povo. É o homem que trabalha e luta diariamente para a melhoria dos nossos cidadãos”, disse.

    Ciro Gomes (PDT) propôs o Programa Renda Digna, que visa “garantir renda mínima de R$ 1.000 por família e o reajuste do salário mínimo acima da inflação”.

    Em sua propaganda, Simone Tebet (MDB) falou em reforma tributária para devolução de imposto da cesta básica para beneficiários do Auxílio Brasil.

    Felipe D’Avila (Novo), com 22 segundos de tempo de propaganda, disse ser a solução para “um Brasil livre do menos pior”.

    Soraya Thronicke (União Brasil) criticou Lula e Bolsonaro e se colocou como “quem faz o certo”. Padre Kelmon (PTB) prometeu manter o Brasil longe de “comunistas” e “socialistas”.

    Saiba mais sobre o horário eleitoral

    Neste ano, a rádio e a televisão transmitem dois blocos diários de propaganda eleitoral gratuita, de segunda-feira a sábado. Cada um deles terá 25 minutos: no rádio, o primeiro será transmitido das 7h às 7h25; e o segundo, das 12h às 12h25. Na televisão, as exibições acontecem entre 13h e 13h25 e das 20h às 20h25.

    Nas segundas, quartas e sextas, quem aparece são os candidatos a governador, senador e deputado estadual. Já nas terças e quintas e sábados, o tempo vai para candidatos a presidente e deputado federal.

    Debate

    As emissoras CNN e SBT, o jornal O Estado de S. Paulo, a revista Veja, o portal Terra e a rádio NovaBrasilFM formaram um pool para realizar o debate entre os candidatos à Presidência da República, que acontecerá no dia 24 de setembro.

    O debate será transmitido ao vivo pela CNN na TV e por nossas plataformas digitais.

    FOTOS — Confira as fotos dos candidatos à Presidência que serão exibidas nas urnas

    Mais Recentes da CNN

    Mais Recentes da CNN