Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    No Rio, PSD tenta reverter apoio dado por Rodrigo Maia a Marcelo Freixo

    Situação é paradoxal porque Lula apoia Freixo, mas dirigentes do PT preferem apoiar o indicado de Eduardo Paes, que é do PSD

    Rodrigo Maia
    Rodrigo Maia Foto: Adriano Machado - 11.mar.2020/Reuters

    Leandro Resendeda CNN

    Ouvir notícia

    O PSD, partido do prefeito Eduardo Paes, atua nos bastidores para tentar demover o ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (PSDB) de apoiar a pré-candidatura de Marcelo Freixo (PSB) ao governo do Rio de Janeiro. A situação é paradoxal porque Lula apoia Freixo, mas dirigentes do PT preferem apoiar o indicado de Eduardo Paes.

    Maia esteve presente no Fórum Brazil UK, na Universidade de Oxford, no Reino Unido. Ele criticou publicamente a pré-candidatura de Felipe Santa Cruz ao governo do Rio que, segundo o recém-chegado ao PSDB, só serve ao “bolsonarismo”.

    “Eu não posso olhar o meu estado, onde as milícias estão tomando conta de todas as instituições. Como mudar este ciclo no Rio? A candidatura do Felipe, se for viável, ótimo. Mas, hoje ele só tira votos do Marcelo (Freixo) e não tira do Cláudio (Castro). Então, é uma candidatura a serviço do governador, queira ele ou não”, disse.

    Na última- sexta-feira, Felipe Santa Cruz se encontrou com a irmã de Maia, Daniela Maia, aposta do PSDB para fazer o partido crescer no Rio. Ela foi secretária de Eduardo Paes. Paes e Santa Cruz têm a seu favor o fato de o presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, ter participado do acordo feito no começo do ano, quando o ex-presidente da Câmara foi para o PSDB – por ele, Paes e Maia estariam juntos em 2022.

    Fotos – Os pré-candidatos ao governo do Rio de Janeiro

    Mais Recentes da CNN