Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Nunes sanciona lei que dá nome de Rita Lee para praça do parque do Ibirapuera

    Projeto inicialmente pretendia mudar o nome do parque inteiro para o da cantora, mas foi modificado

    De autoria da vereadora Luna Zarattini (PT), a proposta foi enviada à Câmara dois dias após a morte da artista e aprovado por unanimidade na primeira votação
    De autoria da vereadora Luna Zarattini (PT), a proposta foi enviada à Câmara dois dias após a morte da artista e aprovado por unanimidade na primeira votação J. F. Diorio/Estadão Conteúdo

    Maria Clara Matosda CNN* São Paulo

    O prefeito de São Paulo Ricardo Nunes (MDB) sancionou um projeto de lei que dá o nome da cantora Rita Lee à uma praça no parque do Ibirapuera. A praça, que se chamava “Praça da Paz”, passa agora a se chamar “Praça da Paz – Rita Lee”.

    A lei foi sancionada pelo prefeito na última sexta-feira (21).

    O projeto de lei pedia, inicialmente, que o parque passasse a se chamar Ibirapuera-Rita Lee, em homenagem à cantora, que morreu em maio de 2023, aos 75 anos, vítima de um câncer de pulmão.

    De autoria da vereadora Luna Zarattini (PT), a proposta foi enviada à Câmara dois dias após a morte da artista e aprovado por unanimidade na primeira votação. Na segunda votação, a proposta foi alterada para mudar o nome apenas da praça.

    Nascida na Vila Mariana, bairro onde o Ibirapuera é localizado, Rita Lee era uma frequentadora assídua do parque, como conta em “Rita Lee: uma autobiografia”, publicado em 2016.
    Além de agora nomear parte do Ibirapuera, a cantora também dá o nome a uma rua na cidade de Jandira, na Grande São Paulo, chamada “Rua Rita Lee”.