Olavo de Carvalho prestou depoimento à Polícia Federal nesta quarta (24)

Escritor foi ouvido por videoconferência em inquérito que investiga informações falsas

Isabela Filardida CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

O escritor Olavo de Carvalho prestou, nesta quarta-feira (24), depoimento à Polícia Federal por videoconferência. As informações são da âncora da CNN Daniela Lima.

Os detalhes e o conteúdo estão sendo guardados, mas, de acordo com apuração da âncora da CNN Daniela Lima, Olavo foi extremamente respeitoso com os agentes, respondeu aos questionamentos e tentou se afastar de Allan dos Santos, que está foragido e tem um mandado de prisão expedido pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes.

O inquérito do qual o escritor faz parte apura a existência de uma organização criminosa para disseminar, de forma intencional, informações falsas sobre uma série de assuntos, inclusive sobre a vacina da Covid-19.

Olavo de Carvalho se caracterizou pelo estilo incisivo. Segundo a âncora da CNN Daniela Lima, no entanto, com as autoridades o escritor se manteve educado e polido.

Carvalho saiu do Brasil na semana passada, após ser intimado a depor no inquérito. Ele cruzou a fronteira com o Paraguai de carro, e conseguiu pegar um voo para os Estados Unidos, de onde prestou o depoimento na quarta-feira (25).

De acordo com a analista de política da CNN Renata Agostini, no início do mandato do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), as falas de Olavo de Carvalho no Twitter reverberavam muito. Ele era considerado um “guru” para as pessoas da extrema-direita.

Essa força se esvaziou, porém, na medida que os integrantes ideológicos também foram perdendo espaço no governo.

Mais Recentes da CNN