Papa Francisco envia condolências a Bolsonaro pela morte da mãe

Na mensagem, o papa enfatiza legado deixado pela mãe do presidente

Pedro Teixeirada CNN

Em Brasília

Ouvir notícia

O papa Francisco enviou uma mensagem ao presidente Jair Bolsonaro (PL) prestando condolências pela morte da mãe do chefe do Executivo brasileiro.

Na mensagem, Francisco enfatizou o legado deixado pela mãe do presidente e disse que ela teve um “belo testemunho cristão, tanto no desempenho da sua missão familiar como na solícita colaboração prestada à vida eclesial”.

Olinda Bonturi Bolsonaro morreu na sexta-feira (21), no interior de São Paulo, aos 94 anos. O próprio presidente comunicou o falecimento em suas redes sociais e interrompeu uma viagem ao Suriname para acompanhar o velório.

Na manhã desta quinta-feira (27), Bolsonaro participou da missa de sétimo dia da morte de sua mãe.

Durante a celebração, o Monsenhor Joseph Antony Puthenpurayil – representante na missa do Núncio Apostólico e a maior autoridade católica do país – leu a carta do papa Francisco prestando as condolências pela morte de dona Olinda.

A missa, que aconteceu na Catedral Militar Rainha da Paz, no Setor Militar Urbano, em Brasília, foi celebrada por Dom Fernando Guimarães, arcebispo do Ordinariado Militar do Brasil.

Estiveram com o presidente sua mulher, Michelle Bolsonaro; seu filho, Carlos Bolsonaro; os ministros: General Heleno, General Braga Netto, General Luiz Eduardo Ramos, Paulo Guedes, Flavia Arruda, Fabio Faria e Ciro Nogueira.

Leia a íntegra da carta enviada pelo papa:

Excelentíssimo senhor Jair Bolsonaro, presidente da República Federativa do Brasil, com pesar acabo de receber a notícia da morte de sua venerada mãe, que deixou um belo testemunho cristão tanto no desempenho da sua missão familiar como na solícita colaboração prestada à vida eclesial. Apresento à Vossa Excelência e inteira família enlutada minhas sentidas condolências invocando sobre todos o conforto do Altíssimo enquanto imploro a Cristo redentor para alma da sua serva Olinda a paz e felicidade prometidas aos seus fiéis discípulos.
Papa Francisco”

Mais Recentes da CNN