Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Para esvaziar articulação de Salles, Valdemar diz a aliados que aceitaria Wajngarten como vice de Nunes

    Ex-chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência, Wajngarten enfrenta fortes resistências na campanha do atual prefeito de São Paulo

    Ex-chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência, Wajngarten enfrenta fortes resistências na campanha de Nunes
    Ex-chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência, Wajngarten enfrenta fortes resistências na campanha de Nunes Foto: Anderson Riedel - 15.jan.2020/PR

    Pedro VenceslauClarissa Oliveirada CNN

    São Paulo

    Na tentativa de esvaziar a reaproximação entre o ex-presidente Jair Bolsonaro e o deputado federal Ricardo Salles (SP), a cúpula do PL decidiu resgatar nos bastidores a ideia de emplacar um “bolsonarista raiz” como vice na chapa de reeleição do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes.

    Após as recentes falas de Bolsonaro em apoio a Salles, fontes próximas ao presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, relataram à CNN que ele estaria disposto a aceitar o advogado Fabio Wajngarten como número dois de Nunes na disputa do ano que vem.

    Ex-chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência, Wajngarten enfrenta fortes resistências na campanha de Nunes. A ideia de que ele ocupasse o posto de vice foi alvo de críticas do próprio Valdemar, que chegou a ventilar a ideia de apoiar a escolha da ex-prefeita Marta Suplicy como companheira de chapa do prefeito.

    Pré-candidato à reeleição, Ricardo Nunes indicou que vai deixar o PL indicar seu vice. Com esse gesto, porém, o PL deixa claro que não abrirá espaço para Salles seguir com seu projeto eleitoral dentro da legenda, mesmo que ele tenha o apoio do ex-presidente.

    Valdemar Costa Neto estaria disposto a dizer a Bolsonaro que aceita Wajngarten como vice para garantir apoio a Nunes em São Paulo.

    Veja também: Não aceitaremos cargos na Caixa, diz Valdemar à CNN