Para PSD, recusa de Alexandre Silveira à liderança do governo no Senado é certa

Na avaliação de pessoas próximas ao senador Alexandre Silveira (PSD-MG), ele se indispôs tanto com o Palácio do Planalto quanto com o próprio partido

Fernanda Pinottida CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Aliados políticos do senador Alexandre Silveira (PSD-MG) afirmam que ele já informou ao Palácio do Planalto que não pretende assumir a liderança do governo no Senado. As informações são da analista de política da CNN Renata Agostini.

Entretanto, Silveira não deve fazer um anúncio público de recusa, pois, na avaliação de seus aliados, este seria um gesto de “descortesia” com o presidente Jair Bolsonaro (PL).

A explicação mais provável para a recusa é a oposição do Partido Social Democrático (PSD), principalmente do presidente da sigla, Gilberto Kassab.

Essa resistência suscitou dúvidas sobre a capacidade de Silveira para mobilizar os senadores a favor do governo, já que não conseguiu a concordância sequer de seu próprio partido.

Pessoas próximas de Silveira avaliam que o senador não fica com uma boa imagem, já que ele se indispôs tanto com o governo federal, como com o PSD.

Não há um novo nome sendo cogitado para a posição de liderança no Senado ainda.

Mais Recentes da CNN