Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    PF apreende celulares e computador de Carlos Bolsonaro

    Também foi levado um tablet de um assessor do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL)

    Raquel LandimTainá Falcãoda CNN

    São Paulo e Brasília

    A Polícia Federal (PF) apreendeu dois celulares e um computador do vereador Carlos Bolsonaro em Angra dos Reis. Também foram levadas anotações feitas para a live de domingo (28) pela família.

    Segundo a defesa do vereador, os agentes apreenderam um tablet de um assessor do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que não estava incluído no mandado de busca e apreensão.

    O filho do ex-presidente é alvo de mandados de busca e apreensão de operação da PF deflagrada nesta segunda-feira (29) que mira o “núcleo político” da chamada “Abin paralela”.

    A PF investiga se Carlos recebeu informações que teriam sido apuradas pelo esquema clandestino de escuta sobre investigações que miravam sua família.

    A CNN apurou que duas equipes da PF estiveram na residência dos Bolsonaro em Angra dos Reis – a primeira chegou às 6 horas da manhã e encontrou apenas o assessor de Bolsonaro. É essa primeira equipe que recolhe o computador e o notebook do assessor.

    Os agentes foram informados que o ex-presidente, seus filhos Flavio e Carlos e outros assessores tinha saído às 5h50 de lancha e jet ski.

    Segundo o advogado Fabio Wajngarten, que representa Bolsonaro, eles foram pescar.

    Wajngarten diz, ainda, que eles estavam num local sem celular e que só conseguiu contato com a família às 9h30 da manhã.

    A segunda equipe e da PF chega de helicóptero. Bolsonaro retorna a Angra dos Reis com os filhos às 11 horas. É só aí que a PF conseguiu apreender dois celulares e o computador do vereador Carlos Bolsonaro.