Avanço da Ômicron preocupa governadores e impacta campanha eleitoral

Crescimento de casos provocados pela nova cepa do coronavírus já provoca efeitos nos planos dos pré-candidatos para as eleições deste ano

Renata AgostiniDaniela Limada CNN

Ouvir notícia

O avanço da variante Ômicron do coronavírus no Brasil forçou governadores a repensarem estratégias e colocar em curso novas restrições. Neste episódio do Horário de Brasília, Daniela Lima e Renata Agostini descrevem o novo cenário da pandemia no país e a última rodada de desgaste entre o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o comandante da Anvisa, Antonio Barra Torres. O presidente da agência é a “Figurinha da Semana” do podcast.

O crescimento de casos provocados pela nova cepa do coronavírus já provoca efeitos nas campanhas para as eleições deste ano. O pré-candidato Ciro Gomes (PDT) teve de mudar os planos e fará o lançamento oficial de sua candidatura de forma virtual na próxima semana.

 

Foi também a política que fez com que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), decidisse recomendar aos prefeitos medidas de restrição, em vez de impô-las. Conselheiros de campanha resolveram intervir sob o argumento de que o tucano compraria um desgaste muito grande com a população caso adotasse uma postura mais rigorosa.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que lidera as pesquisas, tem intensificado as conversas com o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, que recebeu convite oficial do Solidariedade para se filiar ao partido.

Já o ex-juiz Sergio Moro (Podemos) planeja fazer um giro pelo Nordeste com início na Paraíba, mas também tem agendas previstas para o mês que vem em Ceará, Piauí, Espírito Santo e São Paulo.

O presidente Jair Bolsonaro tem sido aconselhado a deixar de lado as críticas ao ex-juiz, que ainda não pontua dois dígitos nas pesquisas, e começou a busca para encorpar sua equipe de campanha. Nesta semana, ele se encontrou com o marqueteiro Paulo Moura. O nome foi levado ao presidente pelo ministro do Turismo, Gilson Machado. Segundo auxiliares do presidente, a conversa foi boa e há aliados entusiasmados com a ideia, mas o martelo ainda não foi batido.

Apresentado por Daniela e Renata, o Horário de Brasília é transmitido ao vivo e com vídeo no site da CNN Brasil e no canal da emissora no YouTube, às sextas-feiras, a partir de 12h30. Depois, os episódios podem ser acessados on demand nas principais plataformas de podcast: Apple Podcasts, Spotify, Amazon Podcasts e Deezer. Após a pausa de fim de ano, o Horário de Brasília volta com um novo episódio em 7 de janeiro.

Confira também os outros podcasts da CNN Brasil, e inscreva-se no canal no YouTube.

Mais Recentes da CNN