Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Polícia identifica 234 donos de caminhões em protesto no QG do Exército em Brasília

    Documento traz nome, CPF ou CNPJ de proprietários, além de outras informações dos veículos

    João RosaBrenda Silvada CNN

    Em Brasília

    A Polícia Militar do Distrito Federal (PM-DF) identificou proprietários de 234 caminhões que participaram de protestos em frente ao Quartel-General (QG) do Exército em Brasília. O levantamento foi enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quarta-feira (16).

    A manifestação é de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) que não aceitam o resultado das urnas. O ministro Alexandre de Moraes, do STF, determinou, no mês passado, que as polícias Militar e Civil dos estados, a PM-DF, a Polícia Federal (PF) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) enviassem para o Supremo um levantamento com a identificação de caminhoneiros que participam de atos na frente de quartéis das Forças Armadas.

    Ao acompanhar a manifestação em Brasília, a PM-DF disponibilizou placa, modelo, marca e estado dos caminhões, além do nome e CPF, ou CNPJ, dos proprietários. No documento, a PM-DF explica que as informações são decorrentes do monitoramento preventivo da segurança pública e não estão relacionadas a infrações de trânsito cometidas.

    A PM-DF também informou que, até o momento, não houve identificação de eventuais lideranças nos protestos. Já em relação aos outros veículos, foram aplicadas multas por estacionamentos de forma irregular nos locais próximos onde ocorriam as manifestações.