Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Popularidade de Bolsonaro nas redes sociais atinge menor nível em 4 anos após ataques em Brasília

    Durante boa parte de seu mandato, o ex-presidente usou a internet para fazer transmissões ao vivo semanais e publicações diárias com informações do governo

    Carolina FigueiredoLucas Schroederda CNN

    em São Paulo

    A popularidade do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) nas redes sociais atingiu o menor nível dos últimos quatro anos após os ataques criminosos em Brasília, segundo levantamento da consultoria Quaest.

    Na segunda-feira (9), um dia após os acontecimentos na capital federal, o índice era de 21,05 pontos. Antes dos atos criminosos, o desempenho do ex-presidente era de cerca de 40 pontos. O pico de popularidade ocorreu durante o processo eleitoral de 2022, quando Bolsonaro atingiu 88 pontos.

    Durante boa parte de seu mandato, o ex-mandatário usou as redes sociais para fazer transmissões ao vivo semanais e publicações diárias com informações do governo.

    Após receber alta do hospital em que estava internado na Flórida, nos Estados Unidos, Bolsonaro afirmou à CNN que deve antecipar sua volta ao Brasil.

    Processo de restauração está em andamento e prejuízo ao patrimônio é incalculável, diz presidente do Iphan

    O presidente do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), Leandro Grass, afirmou, nesta quarta-feira (11), que o processo de restauração dos edifícios e obras vandalizadas nos ataques criminosos em Brasília está processo.

    Em entrevista à CNN, Grass avaliou que o prejuízo ao patrimônio público é incalculável. Ele ainda apontou que não é possível saber quanto será gasto para efetuar os reparos necessários.

    “Não tem como a gente dizer qual o valor necessário para recuperar as obras. Técnicos do Iphan estão trabalhando para dar esse diagnóstico”, acrescentou.

    Sobre o pedido de impeachment do governador afastado do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), Grass analisou que “no entendimento dos partidos houve crime de responsabilidade com relação a tudo o que aconteceu no domingo”.