PP e PL veem governadores como trava a União Brasil e Sergio Moro

Presidente Jair Bolsonaro (PL) pode lançar candidatos em diversos estados para atrapalhar candidaturas do União Brasil

Isabela Filardida CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

As conversas entre o União Brasil e o ex-juiz Sergio Moro (Podemos) a respeito de uma parceria desagradam o presidente Jair Bolsonaro (PL). As informações são da âncora da CNN Daniela Lima.

Personagens importantes do PP e do PL afirmam que Bolsonaro pode até não estar, no momento, tentando derrubar o flerte entre Moro e o União, mas o centrão está em alerta.

O presidente não tem intenção de eleger governadores em estados como Goiás e Bahia, por exemplo, mas pode atrapalhar os candidatos do União Brasil, caso resolva lançar candidaturas.

Na Bahia, ACM Neto, que é do União Brasil, está muito bem nas pesquisas, mas Bolsonaro tem como opção João Roma, atual ministro da Cidadania, que pode ser lançado candidato, atrapalhando a campanha de Neto.

Em Goiás, o presidente tem à disposição o deputado Victor Hugo, que gostaria de ser lançado como candidato e atrapalharia a campanha de Ronaldo Caiado (DEM).

O União Brasil também precisa ter atenção em algumas cidade do Sul, onde pretende promover palanques fortes, pois Bolsonaro também consegue lançar candidatos no estado.

A ideia de Bolsonaro é pressionar os governadores a respeito da aliança com Moro e deixar claro que pode atrapalhar suas campanhas, caso essa parceria seja confirmada.

Mais Recentes da CNN