Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Presidente do PL não quer “caça às bruxas” no partido

    Integrantes da legenda já posaram para fotos com participantes do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

    Da CNN

    O presidente do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, não quer uma “caça às bruxas” na sigla, mas deseja evitar que a relação dos integrantes com o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) “extrapole”. As informações são do analista de política da CNN Leandro Resende.

    Para além do caso do deputado Yury do Paredão (PL-CE), que apareceu em imagem “fazendo o L”, outros integrantes da legenda já posaram com participantes do governo Lula.

    É o caso do deputado Vinicius Gurgel (PL-AP), por exemplo, que deixou um registro nas suas redes sociais ao lado do ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Goez, e do secretário de Assuntos Federativos, André Ceciliano, auxiliar do ministro-chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha.

    Para integrantes do PL, é normal receber um ministro no seu estado natal, participar de um evento público e posar para foto. Entretanto, “fazer o L” e colocar uma camisa do Partido dos Trabalhadores (PT) não pode ser aceito.

    O PL do Ceará vive uma disputa entre apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e os da administração petista. O processo de expulsão determinado por Valdemar para Yury ainda não foi aberto por conta disso.

    *Publicado por Douglas Porto