Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Presidente do PT diz que presença de governadores e prefeitos em ato pró-Bolsonaro é “uma vergonha”

    Ao menos quatro governadores devem marcar presença em ato convocado pelo ex-presidente para este domingo (25), na capital paulista

    Mayara da Pazda CNN

    Brasília

    A presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR), disse neste sábado (24) que a presença de governadores e prefeitos no ato convocado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) é “uma vergonha”.

    “É uma vergonha ver governadores e prefeitos, que têm responsabilidade institucional, participando de uma manifestação contra a democracia e a legalidade. Que medo eles devem ter do Bolsonaro, das coisas erradas que só ele deve saber, para obedecer ao comando do inelegível”, afirmou Gleisi em publicação no “X”, antigo Twitter.

    “O ato de domingo não tem nada de defesa do estado democrático de direito. É mais uma ameaça de Bolsonaro às instituições e uma afronta à Justiça, a quem ele está prestes a ter de prestar contas”, completou.

     

    O evento, que ocorrerá neste domingo (25), em São Paulo, deve contar com a participação de ao menos quatro governadores:

    • Jorginho Mello (PL-SC);
    • Romeu Zema (Novo-MG);
    • Ronaldo Caiado (União-GO);
    • Tarcísio de Freitas (Republicanos-SP).

    O ato foi convocado em meio ao avanço das investigações da Polícia Federal (PF) sobre suposto plano de golpe de Estado elaborado por Bolsonaro e aliados.

    Os organizadores preveem a presença de representantes de dez partidos políticos no trio elétrico que vai receber o ex-presidente.

    Também estarão presentes o prefeito da capital paulista, Ricardo Nunes (MDB), deputados e senadores.

    A CNN procurou todos os citados, mas ainda não recebeu retorno.