PSDB decide apoiar pré-candidatura de Simone Tebet, do MDB, à Presidência

Em coletiva, Bruno Araújo anunciou o posicionamento da executiva nacional e disse que o partido vai oferecer o que tem de melhor

Larissa Rodriguesda CNN

em Brasília

Ouvir notícia

A Executiva Nacional do PSDB confirmou nesta quinta-feira (9) o apoio à candidatura presidencial de Simone Tebet (MDB). A informação foi divulgada pelo presidente do partido, Bruno Araújo, em coletiva de imprensa.

A votação da Executiva Nacional terminou com 33 votos a favor, 1 contra, do deputado Aécio Neves, e 1 abstenção, de Nelson Marchezan Jr, vice-presidente do partido.

“A Executiva deu uma demonstração, apesar de uma discussão intensa, democrática. É importante ressaltar e dizer que todos esses votos ‘sim’ são ‘sim’ pelo possível. A alma do PSDB era de uma candidatura própria. Mas nós entendemos que o PSDB existe não como um fim próprio. Existe para permitir o que é melhor como alternativa para os brasileiros”, disse Araújo.

Questionado sobre o nome que o partido deve indicar para compor a chapa de Tebet como candidato a vice, o presidente do PSDB afirmou que, antes disso, o momento é de trabalhar em torno do programa de governo.

Segundo Araújo, quando chegar a hora, o partido vai oferecer o que tem de melhor.

“A vaga de vice será construída e acordada com o PSDB. Nós vamos oferecer o que tivermos de melhor ao Brasil, com um nome que possa colaborar com essa candidatura”, afirmou.

No Twitter, Tebet celebrou a decisão tucana e disse estar pronta para o desafio.

“Sabemos da responsabilidade. Estamos prontos. Com coragem e amor, vamos reconstruir o Brasil. Recebo com alegria e imensa honra o apoio do PSDB à nossa candidatura.”

Na quarta-feira (8), MDB e PSDB chegaram a um acordo sobre o principal impasse para o apoio tucano a Tebet, a disputa pelo governo de Rio Grande do Sul. Os emedebistas devem desistir da pré-candidatura de Gabriel Souza para apoiar Eduardo Leite.

*Publicado por Renan Porto

Mais Recentes da CNN