Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    PSL deve desistir de candidatura para apoiar Aguinaldo a presidente da Câmara

    Segundo apurou a CNN, o partido deve apoiar o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB)

    Igor Gadelhada CNN

    Ouvir notícia


     

    Um dos integrantes do grupo de Rodrigo Maia (DEM-RJ), o PSL deve desistir de ter uma candidatura própria para apoiar o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) na eleição para presidência da Câmara.

    Segundo apurou a CNN, o acordo foi fechado durante uma reunião na noite de terça-feira (8) entre Maia e dirigentes do PSL na casa do vice-presidente nacional da sigla, Antonio Rueda, em Brasília.

    Leia também:
    Maia forma grupo de seis partidos por candidatura de sucessor na Câmara
    Com apoio de Bolsonaro, Lira lança candidatura à presidência da Câmara
    Quem são os candidatos às presidências da Câmara e do Senado

    Deputado Aguinaldo Ribeiro
    Deputado Aguinaldo Ribeiro
    Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

    O anúncio oficial deve ser feito nas próximas horas. À coluna, o presidente do PSL, Luciano Bivar, indicou que essa é a tendência e que Aguinaldo deve ser o candidato oficial do grupo de Maia ao comando da Câmara.

    “Estamos dispostos a apoiar o Aguinaldo de maneira muito lógica e consensual, sem nenhum problema”, afirmou à CNN Bivar, que era o pré-candidato do PSL e desistirá para apoiar o deputado do PP.

    Bivar lembrou que, desde o início das negociações, havia um acordo dos pré-candidatos do grupo de Maia de apoiar o nome que é mais viável. “O Aguinaldo tem se desenhado como um bom articulador”, elogiou.

    Pelo acordo, Aguinaldo deverá se filiar ao PSL no futuro, quando não houver risco de perda de mandato por infidelidade partidária. A irmã dele, senadora Daniela Ribeiro (PP-PB), deve se filiar antes à nova sigla.

    Musculatura
    Ainda na segunda-feira (7), a CNN antecipou que o presidente da Câmara articulava nos bastidores para que o PSL desistisse da candidatura de Bivar para apoiar Aguinaldo Ribeiro.

    Com o movimento, Maia tenta dar musculatura à candidatura do aliado, que não conta com o apoio interno no PP. O candidato oficial do partido será o líder da sigla na Casa, deputado Arthur Lira (AL). 

     

    Mais Recentes da CNN