Radar Político: verborragia de Guedes incomoda lideranças do Congresso

Para Fernando Molica, ministro da Economia se antecipou e transformou especulação em notícia

Da CNN

Ouvir notícia

No quadro Radar Político, na CNN Rádio, nesta sexta-feira (16), Fernando Molica e Igor Gadelha analisaram a declaração do ministro da Economia, Paulo Guedes, à CNN de que poderia desistir de criar um novo imposto com base digital, conhecido como “nova CPMF”.

“Essa demonstração de verborragia do Paulo Guedes pegou muito mal em lideranças do congresso alinhadas ao Palácio do Planalto. Algumas pessoas me falaram que o combinado era não falar nada agora, deixar para depois da eleição, sem mexer com o mercado”, disse Molica.

“Mais uma vez ele se antecipou. O Paulo Guedes transforma uma especulação em notícia. Esse político que falou comigo até brincou: “ah, eu sei que vocês gostam de especulação”, completou.

Assista e leia também:

‘Talvez eu desista’, diz Paulo Guedes sobre novo imposto digital

Bolsonaro: nossa economia tem reagido bem e acredito no trabalho de Guedes

Imposto sobre transações digitais tem apoio da maioria do Congresso

Para Gadelha, a questão que deixou os líderes de “orelha em pé”, é a sinalização de que Guedes pode desistir da desoneração da folha de pagamento. 

“Muitos parlamentares se questionaram, porque só haverá a desoneração da folha se o governo tiver como bancar isso. Se não houver o novo imposto, como o ministro quer, vai ter que apresentar outra solução”, disse.

“A pergunta que cabe ao ministro responder aos parlamentares é: ele desistiu da desoneração ou ele arranjou outra forma de bancar a desoneração da folha de pagamento?”

Cartela Radar Político - Rádio CNN
Caio Junqueira, Igor Gadelha e Fernando Molica comandam o Radar Político, na Rádio CNN
Foto: CNN Brasil

(Edição: Sinara Peixoto)

Mais Recentes da CNN