Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Reprovação de Lula na cidade de São Paulo sobe para 34%, segundo Datafolha; gestão petista é considerada boa ou ótima para 38%

    Instituto ouviu 1.090 pessoas de 16 anos ou mais na capital paulista entre os dias 7 e 8 de março; margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos

    Victor Aguiarda CNN*

    São Paulo

    O índice de reprovação ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na cidade de São Paulo aumentou 9 pontos e chegou a 34%, segundo nova pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (11).

    No mesmo período, de cerca de seis meses, a aprovação ao presidente também diminuiu 7 pontos e ficou em 38%. A margem de erro é de três pontos para mais ou para menos.

    Avaliação do governo Lula na cidade de São Paulo

    • Ótima ou boa: 38%
    • Regular: 28%
    • Ruim ou péssima: 34%
    • Não sabe ou não respondeu: 1%

    Para o levantamento do Datafolha, foram entrevistadas 1.090 pessoas com 16 anos ou mais entre os dias 7 e 8 de março. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo SP-08862/2024.

    A última pesquisa similar realizada pelo instituto havia sido divulgada em agosto de 2023, quando a gestão de Lula tinha a aprovação de 45% dos eleitores paulistanos. Na época, seu governo também era considerado regular por 29% dos entrevistados e ruim ou péssimo por 25%.

    Ainda segundo o levantamento deste mês, os melhores índices de aprovação ao presidente Lula são observados entre os eleitores com 60 anos ou mais, público no qual o petista tem a gestão bem avaliada por 45% dos entrevistados, que compõem 23% da amostra total.

    A avaliação também é positiva entre eleitores que cursaram até o ensino fundamental – 21% da amostra –, onde até 47% consideram o terceiro mandato de Lula bom ou ótimo.

    A maior reprovação, por sua vez, é observada entre as camadas mais religiosas da sociedade. Entre os evangélicos, que representam 25% do total de entrevistados, a avaliação ruim ou péssima chega a 49%, 12 pontos acima do observado em agosto de 2023. Entre o mesmo público, a aprovação caiu 16%.

    Na semana passada, institutos como Quaest e Ipec também divulgaram pesquisas sobre avaliação e aprovação do governo Lula, em escala nacional.

    Segundo o levantamento do Ipec, 33% dos brasileiros avaliam a gestão do presidente como boa ou ótima, 33% como regular e 32% como ruim ou péssima. Cerca de 3% não souberam ou não responderam.

    Já de acordo com a pesquisa da Quaest, a desaprovação ao trabalho de Lula cresceu três pontos em fevereiro – o índice está em 46%. Outros 51% aprovam o trabalho do chefe do Executivo, enquanto 3% não souberam ou não responderam.