Reunião mostra que todos os Poderes terão que ceder para reverter crise

Presidente do Senado se reuniu nesta quarta-feira com o presidente do Supremo, Luiz Fux

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Em encontro realizado nesta quarta-feira (18), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, discutiram o momento do país, a democracia e o papel dos três poderes. A reunião traz à tona a importância do envolvimento dos três Poderes para acalmar a crise institucional, segundo os analistas políticos da CNN Thais Arbex e Caio Junqueira.

O Executivo, o Legislativo e o Judiciário têm que ceder, e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) deve interromper as ameaças e provocações, segundo o analista Caio Junqueira; uma vez que o Poder Judiciário tem investigações contra Bolsonaro.

Após a reunião, o presidente do Senado disse que pediu para Fux “restabelecer diálogo com o Executivo”.

“Havíamos estabelecido possibilidade de reunião com o presidente da República (Jair Bolsonaro), o Senado, STF e Câmara (Arthur Lira), eventualmente com o Procurador-Geral da República (Augusto Aras). Essa reunião acabou cancelada, e é muito importante que o diálogo entre o presidente do STF e da República seja restabelecido”.

O encontro de Pacheco com Fux ocorre após críticas de Jair Bolsonaro a ministros da Corte. No último sábado (14), Bolsonaro afirmou em suas redes sociais que levará ao Senado um pedido para instaurar um processo de impeachment contra os ministros do STF Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso.

Para a analista da CNN Thais Arbex, a relação ainda não esfriou, e a falta de movimentos para a pacificação ainda não aconteceu devido aos gestos do presidente Jair Bolsonaro. Arbex reitera que apesar do esforço dos intermediários, Bolsnaro indica que não está aberto ao diálogo institucional.

Fux e Ciro Nogueira seguram a Constituição Federal
Foto: Reprodução/ Twitter

Mais Recentes da CNN