Rezende: Depoimentos de Barra Torres e Wajngarten prometem movimentar CPI

No quadro Liberdade de Opinião, jornalista Sidney Rezende analisou os próximos passos da CPI da Pandemia no Senado

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

No quadro Liberdade de Opinião desta segunda-feira (10), Sidney Rezende analisou os próximos passos da CPI da Pandemia no Senado. O ex-secretário de Comunicação da Presidência da República, Fabio Wajngarten, e o diretor-presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, serão alguns dos ouvidos pelos parlamentares nesta semana.

“Nesta semana, me parece que teremos um depoimento mais técnico do presidente da Anvisa, em que ele também vai explicar a decisão sobre a Sputnik V. Com relação ao Fabio Wajngarten, já tem gente da oposição sem entender como que alguém da área de comunicação pôde abrir porta para a Pfizer, porque ele não era nem ministro das Relações Exteriores nem da área de saúde. E agora se sabe que Pazuello tem uma grande diferença com Wajngarten e ambos vão ter que esclarecer”, avaliou Rezende.

“Dois depoimentos muito importantes e acredito que são esses, nesse momento, os necessários para se reunir elementos com intuito sério de investigação. Os trabalhos estão transcorrendo, ainda está muito cedo, mas nessa semana teremos que redobrar nossa atenção porque pode ser que surja algo como acabou surgindo nas outras participações de ex-ministros, onde surgiram questões boas e importantes até para se delimitar o poder de quem manda e de quem obedece”, concluiu.

O Liberdade de Opinião tem a participação de Sidney Rezende e Alexandre Garcia. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Sidney Rezende no quadro Liberdade de Opinião
Sidney Rezende no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN Brasil (10.mai.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.

Mais Recentes da CNN