Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Riqueza não justifica tentativa de criar relação desrespeitosa conosco, diz Pimenta à CNN sobre Musk

    Após de abertura de inquérito para investigar bilionário, dono do X fez novas postagens criticando Alexandre de Moraes

    Michele MatuckRenata Souzada CNN

    São Paulo

    Diante da série de críticas de Elon Musk ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, o ministro da Secretaria de Comunicação Social, Paulo Pimenta, disse à CNN que a riqueza do dono do X (antigo Twitter) não pode justificar tais ações.

    “Não é possível que um país assista a uma tentativa de ingerência externa. Não é porque alguém é uma das pessoas mais ricas do mundo que pode olhar para o Brasil e tentar estabelecer conosco uma relação desrespeitosa”, afirmou.

    Pimenta, no entanto, reiterou sua avaliação de que, do ponto de vista político, esse deve ser um “assunto encerrado”.

    “Não é caso de política, isso é um caso de polícia, e deve ser tratado com quem está investigando, com quem está cuidando desse assunto.”

    No último final de semana, o ministro do STF determinou a abertura de um inquérito contra o bilionário, depois de um conjunto de publicações de Musk no X que, além de criticarem Moraes, sugeriam o descumprimento de medidas judiciais.

    Ao longo da semana, o dono da rede social voltou a compartilhar críticas ao ministro brasileiro.

    Musk compartilhou um vídeo com discurso do deputado da oposição Gustavo Gayer (PL-GO) no Parlamento Europeu e chamou novamente Moraes de “ditador”, em publicação feita na madrugada desta quinta-feira (11). Ele chegou a mencionar o perfil oficial do ministro do Supremo na postagem.