Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Enchentes no RS: “Bombear água e fazer limpeza vai ajudar a precificar mais rapidamente a reconstrução”, diz Waldez Góes

    Rio Grande do Sul receberá ao menos 27 bombas de água, segundo ministro

    Na imgem: limpeza de ruas em Santa Maria, na região central do Rio Grande do Sul
    Na imgem: limpeza de ruas em Santa Maria, na região central do Rio Grande do Sul Marcelo Oliveira/Prefeitura de Santa Maria

    Henrique Sales Barrosda CNNManoela Carluccida CNN* São Paulo

    Ainda nesta sexta-feira (17) devem chegar mais bombas de água ao Rio Grande do Sul, disse o ministro do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, em pronunciamento à imprensa.

    “Bombear a água e fazer limpeza vai ajudar a precificar mais rapidamente a reconstrução”, disse o ministro. “Para a gente, é muito importante restabelecer para poder precificar nos planos de trabalho a reconstrução”.

    Ao todo, o estado receberá 27 bombas de água.

    Planos de reconstrução

    Waldez afirmou também que, em conjunto com outros ministros, solicitou que os prefeitos das cidades atingidas já iniciem planos de reconstrução. Até o momento, segundo o ministro, já foram aprovados 277 planos.

    “Não precisam (as prefeituras) esperarem a água sair da cidade para apresentar um plano só. Podem ir apresentando conforme a necessidade de limpeza para irmos fazendo isso em cada bairro e região”, disse.

    O ministro ressaltou que planos de limpeza são importantes, pois, além de ajudarem na reconstrução, também evitam problemas de saúde que podem vir a afetar o local.

    De acordo com Waldez, os prefeitos estão sendo assessorados pela Defesa Civil nacional na construção desses planos. “Façam quantos planos forem necessários”, completou.

    * Sob supervisão de Nathan Lopes