Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    STF julgar orçamento secreto é ativismo político, diz Ricardo Barros

    Em entrevista à CNN, deputado líder do governo na Câmara afirmou que PEC do Estouro vai constitucionalizar emendas de relator

    CNN Brasil

    O deputado líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), afirmou, nesta segunda-feira (5), que considera “ativismo político” o Supremo Tribunal Federal (STF) julgar o orçamento secreto.

    A presidente do STF, ministra Rosa Weber, marcou para a próxima quarta-feira (7) o julgamento das ações que discutem a constitucionalidade do pagamento das emendas do relator no Orçamento. Weber, que também é relatora do caso, havia liberado nesta quinta-feira (1º) o tema para ser apreciado pelo plenário da Corte.

    Em entrevista à CNN, Ricardo Barros afirmou que o orçamento secreto será constitucionalizado através da PEC do Estouro, que foi pautada pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), para ser analisada também nesta quarta. 

    “Puro ativismo político. Se vai estar escrito na PEC, vai estar constitucionalizado, portanto a discussão fica desnecessária no STF”, disse.

    Assista a entrevista completa no vídeo no topo da página

    Publicado por Léo Lopes, produzido por Jorge Fernando Rodrigues, da CNN