Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleições 2022

    Tasso Jereissati nega que tenha desistido de ser vice de Tebet

    Senador afirma que a definição depende de conversas e entendimentos internos

    Leonardo RodriguesElis Francoda CNN

    O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) negou nesta terça-feira (26) ter desistido de concorrer à vice-presidência na chapa de Simone Tebet (MDB) nas eleições de outubro.

    À CNN, ele diz que apoia a candidatura, mas prefere aguardar a decisão da executiva nacional de seu partido.

    Em nota divulgada hoje, o tucano declarou que a definição da vice depende de “entendimentos internos”.

    “Fui um dos primeiros a manifestar meu entusiasmo pela candidatura da Simone. Acho uma candidatura preparadíssima, e ela é capaz de unir o Brasil. No entanto, a definição da vice depende de uma série de conversas e entendimentos internos de sentido político e eleitoral,  em que o propósito final será encontrar aquilo que seja o melhor para a candidatura. Qualquer que seja a decisão, estarei do lado dela”, disse Tasso.

    No dia 16 de julho, a pré-candidata à Presidência afirmou à CNN que Tasso Jereissati era “o nome mais cotado” para ocupar o posto. Caberia ao PSDB indicar o vice na chapa, que também é composta pelo Cidadania.

    A CNN havia apurado que, diante da resistência do cearense a entrar na disputa, Tebet avaliava a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) como um “plano B”.

    A CNN apurou ainda que Eliziane topa o convite, se oficializado, e que “não vai fugir da raia”. A composição também é vista com bons olhos por Roberto Freire, presidente nacional da legenda.

    O PSDB, por sua vez, ainda não oficializou um nome para o cargo, que poderá ser de Jereissati. De acordo com o presidente nacional da sigla, Bruno Araújo, a resolução deve acontecer “até sexta-feira”.

    *Com informações de Luciana Amaral

    Fotos – Os candidatos à Presidência