Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleições 2022

    TSE mantém decisão que removeu postagem que associava Lula a Adélio

    Agências de checagem verificaram que acompanhante da foto é um colega do petista que não possui relação alguma com Adélio Bispo

    Lula (PT)
    Lula (PT) Divulgação/Lula Oficial

    Gabriela Coelhoda CNN

    em Brasília

    O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou nesta quinta-feira (1º) decisão da ministra Maria Cláudia Bucchianeri que determinou a remoção de postagem compartilhada de uma foto do ex-presidente e candidato Luiz Inácio Lula da Silvia (PT) com um homem falsamente identificado como irmão de Adélio Bispo (responsável pelo atentado contra Jair Bolsonaro (PL) nas eleições de 2018).

    No último domingo, a ministra atendeu a um pedido feito pela coligação Brasil da Esperança, de Lula.

    Bucchianeri afirmou se tratar de “claríssima divulgação de fato manifestamente inverídico, com o deliberado propósito de induzir o eleitor a erro e de desconstruir a imagem de determinada candidatura a partir de conteúdo indubitavelmente mentiroso”.

    A imagem já foi objeto de análise por diversas agências de checagem, que verificaram que Lula está acompanhado na foto de um colega que não possui relação alguma com Adélio Bispo.

    A Corte confirmou o entendimento de que o compartilhamento da foto “possui a clara a tentativa de vincular, falsamente, o candidato.