Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleições 2022

    TSE recebeu até o momento quatro registros de candidaturas; Felipe d’Avila declarou valor de bens mais alto

    O candidato do Novo à Presidência declarou R$24.619.627,66 à Justiça Eleitoral

    Fachada do TSE, em Brasília
    Fachada do TSE, em Brasília Roberto Jayme/Ascom/TSE

    Gabriela Coelhoda CNN

    em Brasília

    O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já recebeu até o momento quatro pedidos de registros de candidatos à Presidência da República: Pablo Marçal (Pros), Sofia Manzano (PCB), Leonardo Péricles (UP) e Luiz Felipe d’Avila (Novo).

    Também foram apresentados à Corte os registros dos candidatos a vice. Os pedidos ainda serão homologados pelo TSE.

    Os candidatos também já declararam seus bens à Justiça Eleitoral: Felipe d’Avila – R$24.619.627,66; Léo Péricles- R$197,31; Pablo Marçal – R$16.942.541,15 e Sofia Manzano – R$498 mil.

    De acordo com o TSE, há 30 pedidos de registros de governadores e 24 senadores também já pediram registro, além de 1.767 pedidos de deputados federais e 2.401 deputados estaduais.

    O calendário eleitoral de 2022 define o dia 15 de agosto como a data-limite para que partidos políticos, federações e coligações solicitem o registro de candidatas e candidatos aos cargos de presidente da República, governador e senador, bem como às vagas de deputados federais, estaduais e distritais.

    De acordo com o calendário, 12 de setembro, 20 dias antes da data do primeiro turno, é o prazo final para que todos os pedidos de registro de candidatura – e eventuais recursos decorrentes do processo – tenham sido devidamente processados, analisados e julgados pelos tribunais eleitorais competentes.

    Debate

    As emissoras CNN e SBT, o jornal O Estado de S. Paulo, a revista Veja, o portal Terra e a rádio NovaBrasilFM formaram um pool para realizar o debate entre os candidatos à Presidência da República, que acontecerá no dia 24 de setembro.

    O debate será transmitido ao vivo pela CNN na TV e por nossas plataformas digitais.