Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Valdemar pede a Dino e PF reforço na segurança para volta de Bolsonaro

    Voo com o ex-presidente está previsto para pousar em solo brasileiro às 7h10 desta quinta-feira (30) e já há um crescente movimento de bolsonaristas fazendo convocações nas redes sociais para recebê-lo

    Caio Junqueira

    O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, pediu ao Ministro da Justiça, Flavio Dino, à Polícia Federal e ao governo do Distrito Federal reforço na segurança no aeroporto internacional de Brasília para a volta do ex-presidente Jair Bolsonaro ao Brasil.

    Os ofícios foram encaminhados na tarde desta segunda-feira (27). A informação foi confirmada à CNN pela assessoria do partido.

    O voo com Bolsonaro está previsto para pousar em solo brasileiro às 7h10 desta quinta-feira (30) e já há um crescente movimento de bolsonaristas fazendo convocações nas redes sociais para recebê-lo.

    Em razão disso, há receio de que possa haver aglomerações com risco tanto para Bolsonaro quanto para as pessoas que estarão no local.

    Deputados bolsonaristas também pretendem recebê-lo, além da ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro. Os filhos também devem ir, assim como Valdemar e o ex-ministro e ex-candidato a vice-presidente Walter Braga Netto.

    A ideia é que a chegada seja espontânea e rememore o início da pré-campanha presidencial de 2018, quando Bolsonaro era recebido por apoiadores nos aeroportos.

    O PL não planeja nenhum evento oficial para a recepção. Segundo fontes do PL, Valdemar e Bolsonaro conversaram nesta tarde e o ex-presidente disse que decidiria na hora o que fazer.

    Integrantes do partido, porém, temem que haja algum constrangimento por parte das autoridades para que ele seja ouvido em alguns dos inquéritos a que responde.