Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleições 2022

    Votação da proposta sobre o voto impresso é adiada para quinta-feira (8)

    O motivo do adiamento, segundo deputados entusiastas da proposta, é a falta de apoio ao projeto na Câmara

    Da CNN, em São Paulo

    Inicialmente marcada para acontecer nesta segunda-feira (5), a votação sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que trata do voto impresso nas eleições de 2022 que aconteceria na Comissão Especial criada pela Câmara dos Deputados, foi adiada para esta quinta-feira (8). As informações são da jornalista da CNN Larissa Rodrigues.

    Parlamentares favoráveis ao texto conseguiram rejeitar o requerimento de retirada de pauta para conseguir ao menos prosseguir com a discussão sobre a PEC nesta segunda-feira. Apesar dessa decisão, aprovada no desempate pelo relator Filipe Barros (PSL-PR), o presidente da comissão, Paulo Martins (PSC-PR), afirmou que a programação se mantém.

    “Nós não vamos votar hoje. Independente de terem rejeitado o requerimento para retirada de pauta. Vou mantear a programação que tínhamos estabelecido anteriormente. Vamos discutir hoje e votar na quinta”, afirmou Martins.

    O motivo do adiamento, segundo deputados entusiastas da proposta, é a falta de apoio ao projeto na Câmara. A avaliação é que se a PEC fosse votada hoje, não seria aprovada.

    Já o relator da proposta, o deputado Filipe Barros (PSL-PR), disse que mesmo aqueles que apoiam a proposta admitem que, no momento, a PEC não tem votos para ser aprovada.

    Urna com voto impresso
    Protótipo de urna eletrônica com impressora acoplada
    Foto: Nelson Jr./TSE

    Publicado por Guilherme Venaglia