Waack: governo deixou de ‘mimimi’ e embarcou numa campanha de compra de vacinas

Esse mimimi do governo não deixa saber ainda quantos milhões de doses vão chegar, quando, onde e para quem.

William Waackda CNN

Ouvir notícia

Depois de muita pressão, angústia e recorde do número de mortos, o governo deixou de “mimimi” e embarcou numa campanha de compra de vacinas, mas continua o “mimimi” sobre cláusulas de contratos com as farmacêuticas – que ainda precisam ser assinados.

Esse “mimimi” do governo não deixa saber ainda quantos milhões de doses vão chegar, quando, onde e para quem.

Jair Bolsonaro prosseguiu hoje no “mimimi” político-eleitoral dele sobre as medidas de restrição adotadas por governadores e prefeitos, que disseram nesta quinta-feira (4), em carta ao governo, que estão no limite de seus recursos e precisam rapidamente de milhões de vacinas. Ou seja, não aguentam mais mimimi.

Presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do Planalto
Presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do Planalto
Foto: Adriano Machado/Reuters (12.jan.2021)

 

 

Mais Recentes da CNN