'A cada 5 pacientes da UTI, um não volta para casa', diz diretor do Emílio Ribas

Luiz Carlos Pereira Júnior disse que a taxa de mortalidade por Covid-19 nas unidades de terapia intensiva é de 20%

Da CNN, em São Paulo
14 de maio de 2020 às 13:43
Instituto Emílio Ribas foi é o primeiro hospital a ter 100% dos leitos de UTI ocupados em SP
Foto: CNN Brasil

Segundo o diretor-geral do Hospital Emílio Ribas, Luiz Carlos Pereira Júnior, a taxa de mortalidade por Covid-19 nas unidades de terapia intensiva (UTIs) é de 20%. A declaração foi feita durante a coletiva de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde (SES-SP) na tarde desta quinta-feira (14).

"A cada 5 pacientes que vão para a UTI, um não volta para a casa. A doença é mais grave do estamos pensando", afirmou o diretor. 

O secretário estadual de Saúde, José Henrique Germann, disse que o Ambulatório Médico de Especialidades (AME) Luiz Roberto Barradas Barata, localizado em Heliópolis, está com 94% das obras concluídas. O local tem sido adaptado para se tornar um hospital de campanha durante a pandemia do novo coronavírus. "Será o quarto hospital de campanha da cidade", disse. 

Com previsão de funcionamento no dia 20 de maio, o novo hospital de campanha contará com 200 leitos no total, sendo 148 leitos de enfermaria, 28 de estabilização e 24 de UTI. O investimento total da obra é de 30 milhões de reais. 

Leia também:

Decretos de Bolsonaro e Doria sobre isolamento dividem municípios em SP

Com quarentena, arrecadação de SP caiu 22% em abril, diz Meirelles

'Super-rodízio' aumenta uso do transporte público, diz especialista

Segundo o coordenador do Controle de Doenças da Secretaria da Saúde, Paulo Menezes, a taxa de mortalidade se explica pelo fato da doença ser “mais grave do que as pessoas imaginam”. 

“Nós temos 4.315 óbitos para 54 mil pessoas diagnosticadas, o que dá aproximadamente [uma taxa de mortalidade] de 8%. Não foi por falta de leito de UTI. Hoje, está ficando claro que o vírus causa uma doença sistêmica, e não apenas uma doença pulmonar”. 

De acordo com a atualização mais recente da SES-SP, há 54.286 casos confirmados de Covid-19 no estado de São Paulo, com 3.189 mortes. A taxa de ocupação nos leitos de UTI no estado é de 69%, enquanto na Grande São Paulo a taxa é de 85,5%.