Com quase 20 mil registros, Brasil tem novo recorde de casos diários de Covid-19


Guilherme Venaglia, da CNN, em São Paulo
20 de maio de 2020 às 19:01 | Atualizado 20 de maio de 2020 às 19:24
ilustração coronavírus teste

Ilustração do novo coronavírus e de mão com luva segurando um teste para a doença

Foto: Reprodução/Pixabay

O Brasil registrou, em boletim divulgado pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (20), novo recorde diário de casos confirmados de Covid-19 no país. Segundo a pasta, foram contabilizados 19.951 diagnósticos da doença derivada do novo coronavírus na atualização diária do panorama da pandemia.

São cerca de 2,5 mil casos a mais do que o recorde anterior de registros diários, os 17,4 mil do boletim de terça-feira (19). Com isso, o Brasil agora registra 291.579 casos confirmados da Covid-19.

Foram confirmadas também 888 novas mortes, segundo maior registro para um único dia. O Brasil tem 18.859 vítimas fatais do novo coronavírus. O ministério informa que 116.683 brasileiros já estão recuperados e outros 156.037 casos estão em acompanhamento.

Nesta quarta, o Ministério da Saúde anunciou aquela que é a aposta da pasta para "resposta à população" diante do alto número de mortes: novas orientações para ampliar o tratamento de pacientes com cloroquina e hidroxicloroquina, medicamentos que ainda não tem eficácia comprovada para a Covid-19.

Pela manhã, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que o Brasil vive "dias difíceis" e que a adoção do tratamento "é uma esperança". Os casos contabilizados de um dia para o outro não necessariamente ocorreram nas 24 horas anteriores, já que os resultados de testes podem demorar dias ou até semanas para chegar. 

Boletim Coronavírus - 20/05

Boletim Coronavírus - 20/05

Foto: Ministério da Saúde

Em investigação

Reportagem da CNN, com base nos números divulgados diariamente pelo Ministério da Saúde, apontou que o boletim divulgado na terça-feira trazia o maior número de mortes aguardando investigação laboratorial para possível relação com Covid-19.

O número subiu mais uma vez nesta terça e superou o registro anterior. Agora são 3.483 óbitos aguardando resposta de exames que identifiquem possível relação com o novo coronavírus.